acceso abierto

APRESENTAÇÃO DOS INDICADORES DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DAS MESORREGIÕES DO ESTADO DE SANTA CATARINA – BRASIL

  • Rógis Juarez Bernardy Universidade do Oeste de Santa Catarina (UNOESC)
  • Leandro Neuhaus Universidade do Oeste de Santa Catarina (UNOESC)
  • Rafael Klein Moreschi Universidade do Oeste de Santa Catarina (UNOESC)
  • Eliane Salete Filippim Universidade do Oeste de Santa Catarina (UNOESC)

Resumen

Este artigo teve como objetivo efetivar um comparativo entre indicadores de desenvolvimento das mesorregiões do estado de Santa Catarina – Brasil, de 2012 em relação a 2014. Os indicadores utilizados fazem parte do Sistema Indicadores de Desenvolvimento Municipal Sustentável (SIDMS) da Federação Catarinense de Municípios (FECAM). O SIDMS mensura o Desenvolvimento Sustentável dos Municípios, por meio do Índice de Desenvolvimento Municipal Sustentável (IDMS) que é composto por quatro dimensões: Sociocultural, Econômica, Ambiental e Político Institucional. Verificou-se, por meio das análises realizadas, que houve uma melhora na média geral dos índices de todas as mesorregiões, entretanto, os desempenhos mais evidentes foram expressos justamente em regiões que, na atualidade, apresentam melhores condições de desenvolvimento.